RESILIÊNCIA: A ARTE DE RESINIFICAR ÀS TEMPESTADES DA VIDA

resilience

 Resiliência é nossa capacidade de acumular energia quando somos exigidos ou submetidos aos testes de resistência. Precisamos ser resilientes em situações de crise, tendo fé e equilíbrio para realizar nossos objetivos.

Desenvolvemos resiliência à medida que assumimos a responsabilidade sobre nossa vida; que elevamos nossa estima de modo a enfrentar desafios e adversidades; aceitamos mais riscos, muitas vezes nos expondo, como o único caminho para se diferenciar; aumentamos nossa capacidade de adaptação.

Todos nascemos com talento/habilidade. Descobri-lo é dar sentido à vida. E independente de ter ou não ocupação formal, ou da condição social, ter resiliência nos auxiliará nas adversidades. Muitas vezes exigindo que resinifiquemos aquela experiencia, aparentemente negativa, mas que certamente tem algo a nos ensinar.

A questão é que, na maioria das vezes, estamos olhando para nossos pontos fracos, pensando que não somos merecedores, pensando no que deu errado, entre outras preocupações na mente. Na verdade, deveríamos estar buscando de soluções criativas e inovadoras.

Já enfrentei todo tipo de adversidade. Teve momentos que realmente achei que não sairia daquela crise/situação. Mas, a resiliência me fortalecia a cada dia, e fui descobrindo que a saída estava comigo. Não estava com o banco, com outras instituições e pessoas. Somente eu seria capaz de tomar a decisão de romper com as amarras que me impediam de avançar. Hoje vejo que falta isso a maioria das pessoas.

De modo geral, a resiliência está associada ao otimismo; ao atribuir um sentido à vida; à empatia (se colocando no lugar do outro para analisar como faria naquela mesma situação); fortalecer o relacionamento familiar; ampliar o círculo de amigos; buscar apoiadores com as competência necessárias para seguir junto em direção ao seu objetivo; desenvolver o equilíbrio.

Estes são temas que tenho trabalhado para palestras: resinificar experiências na perspectiva do crescimento e da realização pessoal e profissional. Assim, contribuirei com muitos que atravessam situações similares sem nenhum auxílio ou troca de experiência capaz de impulsioná-lo, e consequentemente não desistir.

Sejamos resilientes, pois às tempestades sempre passam. E a única certeza é que tudo está em constante mudança.

 

Inocência Manoel – Fundadora INOAR Cosméticos