Lançamento vegano em primeira mão para você

Lançamento vegano em primeira mão para você

Vocês sabem da grande mudança pela qual a Inoar vem passando há alguns anos. Para mim, criar cosméticos éticos é um ato alinhado com a busca do consumidor por mais informações sobre o impacto dos ingredientes para a vida, para o meio ambiente e para os animais.

E essa demanda tem sido cada vez mais verde (não à toa a cor da Inoar), o que aumenta minha responsabilidade, mas que me faz cada dia mais realizada também. Hoje estamos produzindo todos os nossos cosméticos sem testar em animais e sem usar ingredientes de origem animal.

Para 2019, trago aqui, em primeira mão, Inoar Intense: a primeira coloração e o  primeiro tonalizante veganos e com microcápsulas de óleo de argan.

Resultado de muita pesquisa, a formulação é 100% vegan com performance profissional. Cobertura de brancos, ultra hidratação, brilho tridimensional, tudo aquilo que você quer e com o nosso compromisso de respeito com a vida.

Verde sempre foi a nossa essência, muito mais que nossa cor. Criar produtos com ingredientes botânicos, naturais e livres de crueldade não se trata de uma tendência, mas sim de uma atitude que diz muito sobre os nossos valores.

Para quem compartilha do mesmo pensamento, aqui está, com muito carinho: Inoar Intense.

Coloração 2

#vegan #vegano #cosmeticovegano #coloraçãovegana #tonalizantevegano #inoar #inoarintense #plantbased #health #savetheworld

Eles merecem nosso respeito! Por Inocência Manoel

Eles merecem nosso respeito!                  Por Inocência Manoel

Não tenho a menor dúvida de que os cães existem para nos ensinar a sermos pessoas melhores. Por não falarem, os animais fazem com que a gente aprenda a observá-los. A prestarmos atenção em seu comportamento e, através dele, entender suas vontades, seus medos, sua alegria. Isso nos ensina a “ler” os sentimentos, a estarmos mais conectados com a natureza, com o que realmente importa. E levamos isso para a nossa vida, pois desenvolvemos a capacidade de entender também as pessoas – muitas vezes elas também não sabem falar sobre seus sentimentos.

Quando vejo histórias como a que aconteceu com o cãozinho de um supermercado em Osasco, me encho de tristeza e revolta. Porque não é de hoje que os cães se aproximam da minha empresa mortos de fome, buscando um pouquinho de comida para sobreviver, ou procurando abrigo, um teto, muitas vezes perdidos e machucados. E sempre os acolhemos com amor e respeito, que é o que eles merecem.

A primeira a chegar foi Lilica, que resgatei nas ruas. Um dia, eu estava indo a uma reunião de trabalho e vi a cadelinha, que era filhote na época, debaixo de chuva, com um corte na cabeça e sangrando, na rua da empresa. Levamos ela para dentro, tratamos da sua ferida, alimentamos, demos todos os cuidados e Lilica foi ficando. Está com a gente até hoje.

Em seguida, encontrei Leleco, com alguns dias de vida, abandonado em uma caixa nas ruas. Os funcionários da Inoar davam mamadeira para o filhotinho e disputavam o tempo em que podiam tê-lo no colo. Há mais de 5 anos na empresa, Leleco estrelou campanhas publicitárias para a Inoar, que é contra os testes em animais. Leleco ainda foi vítima de sequestro uma vez que passou alguns dias em casa. Cheguei a pagar uma boa quantia em resgate para tê-lo de volta e, desde então, ele vive na sede da empresa.

Quando mudamos de prédio, projetamos um canil para abrigar nossos animais. Foi quando a empresa foi surpreendida com mais uma nova moradora: a pequena Tchuly. A cadelinha, de pouco mais de um ano de idade, ficava à frente do prédio em construção e os funcionários passaram a oferecer ração e água. Tchuly foi ocupando os espaços do novo prédio e agora integra o time canino da Inoar.

Por fim, dois outros cães foram resgatados no último ano: o Paulinho, um macho tigrado extremamente dócil e que se aproximou da gente com fome e frio; e Bradock, cão que veio com um histórico de maus tratos, muito desconfiado, e que agora tem um treinador fazendo sua ressocialização e já consegue demonstrar disciplina e o lado carinhoso que estava escondido muito provavelmente pelo que sofreu antes de chegar aqui.

Todos os pets são vacinados e medicados, passeiam diariamente e ganham banho semanal em pet shop.

Para mim, a presença dos animais contribui para a rotina da empresa e é extremamente benéfica para os colaborador. Há pesquisas que comprovam que a interação do ser humano com animais é fundamental. Na Inoar vemos isso acontecendo todos os dias. Nossos cães são a alegria do escritório e os colaboradores sempre encontram um tempo para um afago. Nós conversamos com os bichos, rimos das brincadeiras deles. Isso desestressa qualquer ambiente.

cachorrinhos