Sobre Não Deixar Ninguém para Trás

No último post, vocês puderam ler sobre a minha participação na Semana dos Líderes do Pacto Global das Nações Unidas 2019, em Nova York.

Como já divulgamos, o Pacto da ONU é a maior iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo, e estar presente ao lado de verdadeiros líderes não é só uma grande oportunidade, mas uma ressignificação do compromisso que eu tenho com a empresa, com o projeto social Beleza Solidária, com a vida de pessoas, de animais e do nosso planeta.

Foram dias intensos, começando pelo meu encontro com representantes indígenas do Brasil. Cacique Raoni, que recebeu um prêmio pelo seu engajamento com a floresta Amazônica e o desenvolvimento sustentável, fez um apelo para toda a comunidade internacional, para unir todos os povos, de todas as florestas, para acabar com o desmatamento, acabar com o garimpo, acabar com a poluição dos rios.

Pude conversar com Kaiulu, representante e presidente das mulheres xinguanas, que me falou que o objetivo da ida a Nova York era levar a voz do povo indígena e que espera sensibilizar a sociedade não-indígena sobre que está acontecendo no Brasil, e como seu povo vem sofrendo ataques diversos.

Além disso, participei do 4º Fórum Empresarial dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que promoveu diálogos público-privados com executivos de empresas que vêm fazendo a diferença no mundo, como Google e a Verizon.

Também fui convidada para o evento Trailblazing Women Reception (Recepção das Mulheres Pioneiras), uma noite de inspiração, apresentando executivas fundadoras e empreendedoras e seu impacto nos negócios, no planeta e na sociedade. Assisti a cases das mulheres na liderança de empresas como Mastercard e Deloitte, que trouxeram dados importantes de como a presença feminina torna os negócios mais rentáveis, embora o número de líderes do sexo feminino ainda seja muito reduzido. A ideia é promover a igualdade de gênero de acordo com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (meta 5 do Pacto Global).

Sem dúvida nenhuma, um dos momentos mais emocionantes foi ouvir o Vice-Presidente da ONU, Paul Polman, que nos lembrou que as metas de desenvolvimento são uma parceria com a humanidade, acima de tudo.

A maior lição que o Pacto Global nos ensina, afinal é “Não Deixar Ninguém para Trás”.

Nós, como líderes, temos que ser exemplo. Temos que ser solidários e temos por obrigação lutar pela igualdade, justiça social, combate à fome, à pobreza, lutar por educação, pois sem isso não se fura a bolha da miséria. Temos que todos os dias fazer bem a alguém. Quero ser uma pessoa que inspira as pessoas a ajudarem o próximo e que nunca se acomodem.

Somos a geração que vai transformar promessas em realidade! Convido todos vocês a conhecerem mais sobre o Pacto Global e suas 17 metas neste vídeo e nos canais da Inoar. 2030 está logo aí e temos muito a fazer.

#GlobalGoals # OurOnlyFuture #GlobalCompact #ODS # SDG #Agenda2030

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s