“Sem talento você não tem show”

Conduzir uma empresa é tarefa para poucos. Aquela luz dourada que costumam jogar sobre o empreendedorismo não é bem assim e, na maioria dos seus dias, você vai lidar muito mais com problemas do que com as glórias do negócio.

No fundo, vejo todas as dificuldades como oportunidades, inclusive em um dos momentos mais difíceis para mim como gestora: o momento do desligamento de um colaborador. Não importa se ele foi demitido ou se ele é o demissionário, este é um momento delicado, mas repleto de oportunidades para aprendermos mais sobre nós mesmos, sobre a empresa e sobre as pessoas.

Desenhei cuidadosamente o processo de admissão na Inoar: os entrevistados, não importa em que momento do processo seletivo, recebem nossos kits de produtos, sendo ou não admitidos. Esses procedimentos demonstram de imediato a cultura da empresa. Sempre fiz questão de me envolver, de conversar com todos os nossos colaboradores, estar próxima e eu mesma estabeleci regras que fazem a Inoar diferente e humana.

Então, se no momento de admissão temos este cuidado, por que seria diferente na demissão?

Considero de suma importância a entrevista de desligamento com nossos ex-funcionários. Ela traz informações valiosas para os Recursos Humanos e a empresa como um todo, para a melhoria de processos e estabelecendo a cultura de diálogo, que tanto valorizo. É importante que cada colaborador saiba de sua importância e, principalmente, que ele reconheça em nós uma empresa aberta a ouvir e aprender.

Mais do que isso, a entrevista demissional é estratégica: ela ajuda a reduzir os índices de rotatividade e é uma ferramenta de compliance (a conformidade com as regras de conduta da empresa) para fortalecer a prática do feedback. Ela é, ainda, uma oportunidade para identificarmos problemas muitos sérios que possam estar ocorrendo na empresa, como o assédio moral, ou alguma ação antiética que vá contra os princípios da empresa, ou seja, esse tipo de conversa é uma ferramenta muito poderosa ao enfrentar essas situações.

E vou além: incluir nos processos de gestão de pessoas a entrevista de desligamento é respeitar o significado da palavra “gestão de pessoas”. Isto mostra o nosso comprometimento com as pessoas, o capital humano da empresa.

Muitas vezes consegui reverter situações que não terminaram com uma demissão. Quando eu atuava junto com o RH, conversei com um colaborador que apresentava um problema pontual, pudemos ver juntos os dois lados da situação e descobrimos era apenas uma atividade que estava mal conduzida gerando um ressentimento ou algum tipo de pressão equivocada. E aí precisei agir, acolher, ouvir e dialogar. E o colaborador ficou.

É nisso em que eu acredito: toda situação precisa ser analisada por pessoal competente, que irá fazer uma análise real do que está ocorrendo, porém com dados para entender as motivações da saída, quais pontos da empresa são positivos e quais precisam ser melhorados.

Uma pesquisa da companhia californiana de gestão Korn Ferry aponta que as duas principais causas das taxas de rotatividade nas empresas são problemas com os líderes e falta de oportunidades dentro do ambiente de trabalho. Muitas vezes uma entrevista demissional apresenta exatamente este cenário que pode ser contornado em uma próxima situação: todos aprendem por meio de experiências e dessa forma conseguimos reter talentos, que, afinal, é o melhor recurso de qualquer empresa.

É como diz Gary Burnison, presidente global da Korn Ferry: “Quando se tem pessoas talentosas, você consegue desenvolver qualquer estratégia, enquanto o contrário não é possível. Sem talento você não tem show.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s