“Mais pobres podem levar até 9 gerações para atingir renda média no Brasil”. Como uma mãe solo vive nesta realidade. Por Inocência Manoel

“Mais pobres podem levar até 9 gerações para atingir renda média no Brasil”. Como uma mãe solo vive nesta realidade. Por Inocência Manoel

A maturidade faz coisas incríveis com as pessoas. Mas, com as mulheres, é ainda melhor. O passar dos anos clareia a nossa consciência, nos livra de tabus e estigmas, dá a importância e o peso certo para cada coisa em nossa vida.

Hoje não tenho medo de abordar nenhum assunto, mesmo os pessoais. Sei que por meio deste blog, das minhas postagens e minhas palestras eu ajudo outras mulheres a enfrentarem os leões de cada dia. Mulheres se fortalecem, ajudam umas às outras quando os homens “protetores e provedores” resolvem simplesmente sumir.

Sempre valorizei a minha independência. Num tempo em que as mulheres eram criadas para casar e cuidar de casa, eu escolhi desbravar o mundo, sair da zona de conforto e desenvolver produtos. E tudo isso criando um filho sem a presença do pai.

“Mãe solteira?”, me perguntam. Não, eu sou Mãe Solo. Sempre fui e nunca gostei do primeiro termo. Maternidade não é estado civil e o estigma enfrentado pelas mães que não eram casadas é um fardo que definitivamente não precisamos carregar.

Me desdobrei com as responsabilidades necessárias para cuidar do meu filho, hoje presidente da Inoar. E contei com uma rede de apoio feminina para  chegarmos a este lugar que, acredite, não é de luxo, mas de muito trabalho e uma jornada por vezes árdua.

Nasci numa família humilde, num país em que os mais pobres podem levar até 9 gerações para atingir a renda média. De acordo com a excelente matéria do El País, que ilustra este post, e pode ser conferida aqui, um estudo sobre mobilidade social elaborado pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) apontou que 35% dos filhos de pais posicionados no um quinto mais pobre do Brasil terminam a vida nesse mesmo estrato social. Além disso, apenas 7% deles chegarão a figurar entre os 20% mais ricos.

Minhas perspectivas, vamos combinar, não eram lá as melhores. Fui cabeleireira. Tive um salão. Fali algumas vezes. Falhei tantas outras. Mas era eu ali. Sem uma figura sequer ao meu lado para dividir o fardo. Me orgulho muito de ter carregado isso sozinha, porque, se as dores eram minhas, o aprendizado é meu também.

E ser mãe solo tem disso: aprender a se equilibrar entre as responsabilidades de criar um filho e continuar batalhando para viver, pagar as contas. É aprender a não dar bola para os estigmas, eles sempre vão estar ali para te lembrar que você não faz parte do padrão (sério, não se importe com os padrões). É aprender que o preconceito vai bater na sua porta todos os dias. Mas que você vai saber muito bem o que fazer com ele

Fundadora da Inoar Cosméticos conquista ‘Diploma Fundação de São Paulo’ da ACLASP

Fundadora da Inoar Cosméticos conquista ‘Diploma Fundação de São Paulo’ da ACLASP

Homenagem será no dia 22 de Janeiro em São Paulo, em solenidade que comemora 465 anos da capital.

A fundadora da Inoar Cosméticos, empresa brasileira referência em cosméticos no país e mundialmente, Inocência Manoel receberá por seu empenho e dedicação o renomado “Diploma Fundação de São Paulo” da Academia de Ciências, Letras e Artes de São Paulo – ACLASP, entidade sem fins lucrativos que promove e resgata valores culturais e honra a memória da cultura e história brasileira. A entrega da láurea será realizada durante a solenidade oficial comemorativa “Homenagem aos 465 anos da fundação da cidade de São Paulo”, no próximo dia 22 de Janeiro, na capital paulista.

Inocência Manoel, que também é Diretora de Marketing e Criação da Inoar, foi indicada e escolhida para ser homenageada por se destacar em suas atividades e contribuir para o desenvolvimento do país. Segundo a fundadora, receber esta homenagem é extremamente gratificante e especial. “Este reconhecimento me encoraja a continuar transformando e empoderando vidas, por meio de valores sociais e humanos. Na Inoar este compromisso é renovado diariamente.”, conta.

Marcada para as 18h, a solenidade oficial de entrega da láurea acontecerá no Espacio Uruguai, na Av. Paulista, 1776, 9º andar, em São Paulo.
Sobre a Inoar
Empresa brasileira referência no mercado nacional e internacional, a Inoar Cosméticos traz em seu DNA a essência de seus fundadores: a criação de produtos inovadores pelo olhar único de Inocência Manoel, Diretora de Marketing e Criação, e a administração dos negócios de Alexandre Nascimento fazem da Inoar uma marca de cosméticos inspirados em vários tipos de pessoas, com inovação, tecnologia de ponta e o know-how de quem entende as necessidades de profissionais e consumidores finais. Em maio de 2018, inaugurou a Inoar Europa com um Centro Técnico e de Treinamento para distribuidores e cabeleireiros profissionais com sede em Lisboa, Portugal.

Inoar
www.inoar.com
Facebook: Inoar Brasil
Instagram: @InoarBrasil

Liderança Solidária Por Inocência Manoel

Liderança Solidária                                     Por Inocência Manoel

Encerro o ano de 2018 com uma grande alegria: a proximidade com as equipes que trabalham diretamente comigo nunca foi tão forte. Em um ano em que o Brasil se dividiu, eu me reencontrei comigo mesma e com colaboradores muito alinhados com minha maneira de pensar, o que me levou a ponderar sobre liderança e o papel de líder.

Antes de mais nada, é preciso refletir sobre esta palavra: líder, no meu ponto de vista, não é aquele que está à frente. Mas sim o que tem a responsabilidade por um grupo, que irá guiar e defender.

Existem diversos tipos de liderança, e cada vez mais pessoas ensinando a liderar. De acordo com o Sebrae, cada perfil de líder influencia de modos distintos o ambiente de trabalho, o comportamento dos profissionais e o desenvolvimento das atividades profissionais. O trabalho é onde passamos a maior parte do nosso dia e fazer com que as relações sejam agradáveis e promovam crescimento pessoal e profissionalmente é a função primordial de qualquer gestor.

A Liderança Solidária estabelece-se quando olhamos para o grupo que gerenciamos olhando o interesse de todos. Inclusive para fora do grupo. É analisar o cenário macro e agir desde o micro. Gerar debates e reflexões acerca de cada trabalho a ser desenvolvido abre espaço para a criatividade e motiva a equipe. Mais do que isso: faz com que cada tarefa a ser desempenhada seja genuína, autoral e reconhecida, e não apenas o cumprimento de uma meta.

O papel do Líder Solidário é se colocar no lugar do outro, é exercer a empatia no ambiente de trabalho e fora dele. Acredito que esse seja um dos principais motivos por eu estar tão conectada com meu time. Mais do que delegar tarefas, a gente as descobre juntos. E chegamos a soluções inovadoras a partir da experiência de cada um.

Minha equipe costuma dizer que quando passo um job, já o vejo finalizado e começo a pensar no próximo. É verdade, pois a Liderança Solidária resulta em Confiança. Sabemos o que esperar um do outro e esta troca simplesmente não tem preço.

foto_equipe

Retrospectiva Por Inocência Manoel

Retrospectiva                                                 Por Inocência Manoel

Enfim, chegamos ao final de 2018. Um ano marcante na vida de muitos brasileiros, um ano que jamais vou esquecer.

2018 mostrou suas garras logo em janeiro, seguiu com incertezas políticas e econômicas em cada um de seus dias, dividiu o país, dividiu casas, famílias. Creio que esta seja a palavra para descrevê-lo: divisão.

Um ano em que as pessoas construíram muros, em vez de pontes. Em que educadores foram desacreditados, um ano em que negaram a própria História do Brasil e do mundo. E vaiaram artistas.

O ano em que tivemos Bohemian Rhapsody nos cinemas merecia mais da gente. Por isso seguimos acreditando, porque é disto que pessoas de fibras são feitas: de crenças.

Todas as frustrações, desilusões e tombos mereciam virar passos de dança, como disse o genial Fernando Sabino. E é isso que tenho feito: transformo tudo em flor. Tenho aproveitado a terra da minha casa, tenho aproveitado os poucos momentos livres para cuidar do jardim, literalmente. A terra nos faz um bem danado, ela nos conecta de imediato com a natureza. É essa conexão que também levo para o trabalho.

No difícil ano de 2018 repaginamos a Inoar, com um posicionamento ainda mais verde, com produtos veganos e botânicos. Porque é preciso fazer este caminho de volta, de reconexão com a nossa essência.

Dizem que ninguém quer saber das avarias do seu barco, querem mesmo é saber o que você trouxe da viagem. Pois bem: eu trouxe trabalho, eu fiz meu melhor, eu criei, eu lancei a linha mais importante da Inoar, que deixo como legado.

E assim, o que era para ser uma retrospectiva, vira perspectiva. Porque a vida acontece agora, e no minuto seguinte e no seguinte.

Obrigada pelas lições, 2018. E pode vir, 2019. Estou sempre pronta.

Fundadora da Inoar é indicada ao prêmio Gestora do Ano no Oxford Summit of Leaders 2018

Fundadora da Inoar é indicada ao prêmio Gestora do Ano no Oxford Summit of Leaders 2018

A fundadora da Inoar Cosméticos, Inocência Manoel, foi indicada ao prêmio Gestora do Ano, condecoração que reconhece e homenageia a excelência individual de executivos de alto nível em todo o mundo. A premiação acontecerá durante o Oxford Summit of Leaders 2018, no dia 18 de dezembro, em Oxford, na Inglaterra.

 

Inocência Manoel, que também é Diretora de Marketing e Criação da marca, foi reconhecida como líder empresarial eminente por contemplar critérios como de visão e liderança, desempenho e efetividade da empresa, personalidade e habilidades gerenciais individuais, competitividade nacional e internacional, nível de inovação e responsabilidade social corporativa. “Além de uma enorme honra, esta indicação é reflexo da dedicação e da busca constante pela excelência da Inoar Cosméticos, de todo o nosso time. Afinal, temos como base valores sociais, ambientais e humanos, o que reflete quem somos e a forma como desejamos continuar crescendo. Sem dúvidas, é recompensador este reconhecimento”, afirma.

 

Sobre a Inoar

Empresa brasileira referência no mercado nacional e internacional, a Inoar Cosméticos traz em seu DNA a essência de seus fundadores: a criação de produtos inovadores pelo olhar único de Inocência Manoel, Diretora de Marketing e Criação, e a administração dos negócios de Alexandre Nascimento fazem da Inoar uma marca de cosméticos inspirados em vários tipos de pessoas, com inovação, tecnologia de ponta e o know-how de quem entende as necessidades de profissionais e consumidores finais. Em maio de 2018, inaugurou a Inoar Europa com um Centro Técnico e de Treinamento para distribuidores e cabeleireiros profissionais com sede em Lisboa, Portugal.