A alma do negócio

Todo mundo diz que a propaganda é a alma do negócio. Essa frase fazia sentido pra mim antes mesmo de eu ter um negócio. Sempre fui apaixonada por comunicação, redação, jornalismo, artes, cultura, temas que enriquecem as pessoas das mais variadas formas e eu acredito que a propaganda bem-feita consegue conter dentro dela mesma um pouco de todo esse repertório que as pessoas vão somando na vida. Acho que é um pouco de arte, um pouco de negócio. E é o que faz a vida ter graça no final das contas.

Quando a Inoar estreou oficialmente, começamos a receber pedidos para criar anúncios para revistas, tabloides e outros materiais de divulgação – naquela época, as mídias ainda eram mais off-line (aquelas que acontecem fora da internet) do que on-line (as que acontecem em ambiente virtual).

Não tínhamos verba, éramos uma empresa que estava só começando, então produzíamos tudo sozinhos: a foto, o texto, a arte e até mesmo… a modelo. Que muitas vezes fui eu mesma! Com isso aprendi a fazer comunicação em diferentes formatos. E a estudar estratégias que, afinal, sempre estão em constante evolução.

Com os novos tempos, os hábitos de consumo mudaram, a atenção está cada vez mais disputada e os velhos meios de comunicação estão diariamente perdendo força e precisando se reinventar rapidamente, se adequando às novas regras criadas pelo online.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Google em 2019, nos últimos 4 anos, o crescimento de visualizações de vídeos na web foi de 165%. Além disso, houve também um aumento de 70% no tempo de permanência nas plataformas. No mesmo período, a pesquisa indica que 9% dos brasileiros deixaram de acompanhar a TV aberta, comprometendo o crescimento em seu consumo, que foi de apenas 24%. Estatísticas que geram fortes evidências de que já não se trata mais de uma tendência, mas sim de uma realidade.

De fato, uma realidade que a Inoar conhece bem. Fizemos TV, especialmente merchandising no programa do Gugu e, quando lançamos o óleo Kálice, criamos um filme que foi para a TV aberta. Temos na nossa rotina a produção de muita mídia impressa ainda, mas a grande realidade é que a Inoar nasceu digital. Nós crescemos junto com as primeiras redes sociais e estamos em todas. Criamos nelas muito mais do que uma forma de divulgação, mas uma verdadeira comunidade de conversa. É onde estamos mais próximos dos nossos consumidores e onde nos sentimos… em casa.

Estou falando tudo isso aqui porque a convidada de hoje veio deste universo e integra minha equipe de Marketing. Conheci a Ana Yazlle da época em que ela trabalhava em agências de comunicação. Realizamos diversos “jobs” juntas até que ela veio de vez trabalhar com a gente. Vem conhecer um pouco mais da Ana aqui.

Ana Yazlle – Gerente Sênior de Marketing

– Conte pra gente como foi seu começo na Inoar.

Eu trabalhava em uma agência de propaganda quando a Inô me convidou para conhecer três linhas de produtos que estava lançando. Eram tratamentos profissionais para cabelo e mergulhei neste universo desde então. Fizemos pesquisa, criamos um conceito, uma assinatura, um vídeo de lançamento. Era um pacote completo de comunicação, algo que amo fazer. Viramos a noite gravando e aquele só foi um dia dos muitos que passamos juntas.

– Quais são os desafios e aprendizados no seu dia a dia?

A comunicação e o marketing se baseiam em dados, mas não são ciências exatas. Isso é o que me desafia, pois é multidisciplinar e em constante evolução. Comunicar está muito mais em ouvir do que falar. Temos que escutar as demandas, os desejos dos consumidores, seus anseios, suas dores, para poder dar a resposta que eles esperam de cada marca, de cada produto. E não existe nada melhor do que ouvir o retorno do nosso trabalho na vida real. A Inoar é uma marca admirada por sua história, as pessoas se conectam com ela de uma forma muito particular.

– Cite um dos melhores momentos da sua carreira.

São muitos, sou extremamente agradecida pelas oportunidades que tive. Desde participar do desenvolvimento de produtos até colocar um filme na TV (sonho de todo publicitário raiz), passando pelos mega eventos da Inoar (até hoje eu me assusto com o tamanho da marca na Beauty Fair), e o contato com profissionais e eventos no exterior. A Inoar não para.

– Que momento da sua jornada profissional na Inoar você leva para a vida?

Além da experiência prática, o que levo para a vida é uma transformação humana mesmo. Os valores da empresa, especialmente os que a D. Inocência preconiza, vão com a gente para todo lugar. Sou muito grata.

The soul of a business

People use to say that advertising is the soul of a business. That phrase made sense to me even before I had a business. I have always been passionate about communication, writing, journalism, arts, culture, themes that enrich people in a variety of ways and I believe that well-crafted advertising can contain within itself a little of all this repertoire that people add to their lives. I think it’s a little art, a little business. And in the end, that’s what makes life fun.

When Inoar officially debuted, we started to receive requests to create ads for magazines, tabloids and other promotional materials – at that time, the media was still more offline (those that take place outside the internet) than online (those that take place in a virtual environment).

We didn’t have the budget, we were a company that was just starting, so we produced everything ourselves: the photo, the text, the art and even… the model. That I was often myself! With that I learned to communicate in different formats. And to study strategies that, after all, are always in constant evolution.

With the new times, consumption habits have changed, attention is increasingly disputed and the old media are daily losing strength and needing to reinvent themselves quickly, adapting to the new rules created by online.

According to a survey conducted by Google in 2019, in the last 4 years, the growth of video views on the web was 165%. In addition, there was also a 70% increase in the time spent on the platforms. In the same period, the survey indicates that 9% of Brazilians stopped watching open TV, compromising the growth in their consumption, which was only 24%. Statistics that generate strong evidence that this is no longer a trend, but a reality.

In fact, a reality that Inoar is well aware of. We did TV, especially merchandising on Gugu’s TV show, and when we launched Kálice oil, we created a movie that went to open TV. We still have a lot of print media in our routine, but the great reality is that Inoar was born digital. We grew up with the first social networks and we’re on all of them. We created in them much more than a form of dissemination, but a real community of conversation. It’s where we are closest to our customers and where we feel… at home.

I’m talking about all this here because today’s guest came from this universe and is part of my Marketing team. I met Ana Yazlle from the time she worked in advertising agencies. We performed several jobs together until she came to work with us for good. Come and see a little more about Ana here.

Ana Yazlle – Senior Marketing Manager

– Tell us about your start at Inoar.

I was working at an advertising agency when Inô invited me to meet three product lines they were about to launch. They were professional hair treatments and I’ve immersed myself in this universe ever since. We did research, created a concept, a signature, and we launched a video. It was a complete communication package, something I love to do. We spent the night shooting and that was just one of the many days we spent together.

– What are the challenges and learning in your daily life?

Communication and marketing are based on data, but they are not exact sciences. This is what challenges me, as it is multidisciplinary and constantly evolving. Communicating is much more about listening than talking. We have to listen to demands, the desires of the consumers, their anxieties, their pain, in order to be able to give the answer they expect from each brand, from each product. And there’s nothing better than hearing feedback on our work in real life. Inoar is an admired brand for its story; people connect with it in a very particular way.

– Name one of the best moments of your career.

There are many, I am extremely grateful for the opportunities I had. From participating in product development to putting a movie on TV (a dream of every ad girl), through Inoar’s mega events (I still cannot believe the size of our booth at Beauty Fair), and contact with professionals and international events. Inoar doesn’t stop.

– What moment of your professional journey at Inoar do you take to life?

In addition to practical experience, what I bring to life is a real human transformation. The company’s values, especially those that D. Inocência advocates, go with us everywhere. I am so grateful.

Um comentário em “A alma do negócio

  1. Conheço bem esta empresa vi ela surgir e tenho tido o imenso privilégio de ser abençoado há anos por ela admiro todo o conceito que está marca leva!!! Parabéns Inô sou fã de carteirinha! Que Deus continue abençoando vocês!!! Abraço querida!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s